24 de outubro de 2012

Everything starts from something- 25º capitulo

-- 78 comentários:
“Eu poderia te abraçar pra sempre, e mesmo assim não seria o suficiente.”





Eu estava parecendo um mauricinho estava rindo por dentro pelo jeito que eu estava , iguais aqueles homens engravatados que dão tédio só de estarem no local , mas eu havia conseguido , sei que a [ seu nome ] vai ficar orgulhosa de mim e se isso não acontecer pelo menos paro de ouvir ela reclamar que sou um vagabundo .
 Eu queria mostrar pra ela que um vagabundo pode faze-la sorrir , sorri do jeito mais sincero , aquele sorriso mais cativante , do jeito mais inesperado .
 Ouvia o celular tocar freneticamente , olhei no visor e era a foto dela fazendo careta , ri daquilo e atendi . 

Ligação modo On : 

- ONDE VOCÊ TA ? - ela gritou do outro lada da linha
- Procurando emprego
- Pra que menti ? - ela riu 
- É verdade
- Justin , fazer sexo não é um emprego
- Não estou fazendo sexo 
- Ta , que seja , mas venha logo pra casa que eu to morrendo de tesão 
- To indo - eu disse apressado e desligando o celular

Ligação modo OFF

Desliguei o telefone e corri pelo shopping a caminho da garagem , esbarrando em todos pelo caminho , peguei o carro e dei a partida , saindo cantando pneu , eu estava a 90 km por hora na rua , fazia ultrapassagens perigosas , qual é , eu quero logo comer aquela bocetinha apertada .  Ouvia sirene de policia , " merda " gritei batendo no volante e encostei o carro sem muita paciência .


- O documento da carro , por favor 
Jus : Toma logo - fiz o que ele mandou sem muita paciência
- Você tem noção da velocidade que você estava ? Essa rua é movimentada não pode andar nessa velocidade - disse o policial 
Jus : Porra você pode me dar uma multa e deixar eu ir embora ? Minha mulher esta me esperando em casa para eu comer ela
- Isso é desacato ao policial se continuar terei que mandar prende-lo
Jus : Manda prender , mas me prende junto com a minha mulher e uma cama de casal por favor - eu disse irônico perdendo toda a paciência que me restava 
- Saia do carro por favor que o senhor esta preso 
Jus : Caralho , só por que sua mulher não tem uma bocetinha gostosa você não tem que ficar descontando nos outros - eu disse saindo do carro irritado batendo a porta do carro com força. 

Você modo ON :


 Acordei e tatei a cama , nada do Justin , fui cambaleando para o banheiro e tomei um banho rápido e botei um roupa qualquer , eu estava inquieta sentada no sofá , a Tv ligada não fazia diferença , eu queria o Justin , para falar a verdade eu queria foder com o Justin . Mas a essa hora já ? só posso estar ficando louca . 

[.... ] 

Após aquela ligação para o Justin , achei que ele estivesse aqui em casa em 10 segundos , mas já faziam uma hora e nada dele , estava inquieta o esperando chegar e o telefone tocou freneticamente e eu o atendi sem olhar o visor do celular . 

Ligação modo On :

Vc : Alô
Jus: To preso 
Vc : que ? - eu disse assustada
Jus : Eu to preso , na cadeia , em cana , qual é a dificuldade de intender ? 
Vc : To indo te tirar dai seu idiota 
Jus : ei 
Vc : Que ?
Jus : Não conta pra Pattie
VC : Ta 

Ligação modo OFF : 

O que aquele louco fez dessa vez ? Troquei de roupa rápido e peguei as chaves do carro e dei a partida indo rapidamente até a delegacia , só me faltava essa , ter que ir até a delegacia resgatar o idiota do meu marido .  Entrei  na delegacia e meu salto fazia barulho no chão , todos me olhavam como se nunca tivessem visto uma mulher na vida . 

Vc : Quero falar com o Justin Drew Bieber
- Sim , ele acabou de chegar aqui 
Vc : Pode me levar até ele ? - eu disse ajeitando o decote
- é .. é ... a senhorita deu sorte que chegou no horário de visita 

Ele pegou um molho de chaves e eu fui o seguindo até a sala de visitas , era uma sala cinza , a cimento ainda , apenas uma mesa e duas cadeiras de madeira no meio daquela pequena sala , me sentei enquanto batia minha unha na mesa fazendo um barulho irritante , vi a porta sendo aberta e o Justin entrando , ele se sentou a minha frente . 

Jus : Paga logo a minha fiança - ele disse assim que sentou
Vc : O que você fez ? 
Jus : Dirigi em alta velocidade e desacatei o policial e isso é culpa sua 
Vc : Culpa minha ? 
Jus : Você que me ligou com uma voz sexy dizendo que estava com tesão , que tipo de marido seria eu se deixasse minha mulher em casa com vontade de foder ? - ele disse se fazendo de anjo
Vc :  - gargalhei - Você é um idiota
Jus : Estava tentando ser um marido bom - ele disse com a cara mais inocente que ele conseguia
Vc : Aonde você estava ?
Jus : Já disse , arranjando um emprego - ele deu de ombros
Vc : Não aguento mais suas mentiras , suas trapassas , sua canalhice - eu disse inconformada e ele abaixou a cabeça
Jus : É tão difícil acreditar em mim ? Acreditar que estou tentando mudar , me sinto na obrigação de mudar , não só por você mas por mim também , quero que sintam orgulho de mim , to me sentindo incapaz , como se eu não pudesse passar por essa tempestade , isso sempre foi um erro desde o primeiro gemidos que demos juntos , mas fazer o que , errado com errado sempre acaba em putaria , você é o meu erro mas as vezes erros são bons né ? O que seria a vida sem eles ? Você é o meu erro preferido , qual é , tenho sexo todo dia  sem precisar sair de casa para ir a trás de uma vadia e isso é bom de mais  , mas não é só isso , eu sei que você vai me ajudar a quebrar essa nuvem que impede que nós possamos ver o quanto é lindo o céu , não vai pensando que eu mudei de um dia para o outro e que eu sou um sapo que virou príncipe por que isso só acontece em filmes ,  mas você ta conhecendo um lado meu que ninguém conhecia nem mesmo eu. Eu quero ser tão bom pra você quanto você é pra mim .  Nós dois sabemos que daqui a pouco eu vou me arrepende de ter dito isso mas o que foi dito ia ser dito a qualquer momento não importa se demora-se uns 50 anos , ia acabar sendo dito . 

Ele evitava olhar em meus olhos , como se meus olhos fossem o atingir de alguma forma , foi impossível acreditar naquelas frase de imediato , mas quando estamos falando do Justin se pode esperar tudo , era como se a armadura que ele levava no peito ia se desfazendo aos poucos mostrando o verdadeiro HOMEM que ele é e não o moleque que ele demonstra ser . 


                                                                                                         ...]Continua
oooi pedaços de bostas com cheiro de someday 

pareeeem de rir u.u tipo o notbook quebrou msm , o pc tava só fora da tomada e o netbook ta na minha vó kkkkkkk vei n é pra rir que é triste  kkkkkkkkkkkkk

e alguem pode dizer pra barbara que hamster é só um rato boiola ? kkkkkkkkkkkkkk

vou te seduzir , vou fazer você gamar , vou fazer você se exitar com um reboladinha 





beijos na bunda gorda cabeluda 

23 de outubro de 2012

Everything starts from something- 24º capitulo

-- 29 comentários:


Nunca me dei bem com histórias de amor. Então, comecei a inventá-las. Quebrei a cara, o amor não se inventa - constrói.




Vc: Justin, será que vai ser assim pra sempre?
Justin: Contanto que tudo acabe como hoje acabou eu ficava com você até o infinito e o além.  
Vc : Sempre vai acabar em sexo 
Jus : Sempre - ele repetiu baixinho 

O abracei mais forte enquanto sentia sua respiração quente bater no meu pescoço causando arrepio 

Jus : Mas uma cerveja ? 
Vc : E eu sou de recusar ? - rimos 

Ele se levantou enquanto eu seguia com os olhos . 

Vc : Bunda gostosa em

Ele riu e bateu em sua própria bunda e continuou andando em direção a cozinha , ouvi passos na escadas e logo ele voltou com duas latinhas cheias. Ele me entregou uma e eu abri a mesma e Justin também.

Jus: Sabe eu acho que no fundo isso foi bom.
Vc: Sério? - disse com uma voz assustada.
Jus: É eu tenho você todos os dias e isso é bom! - arregalei meus olhos não acreditando naquilo. - Quer dizer... a- a gente transa muitas vezes é! É isso.
Vc: Sabe, quando eu era pequena eu sempre quis ser mãe e bom, o meu sonho se tornou um pesadelo. Foi tudo tão rápido.
Jus: O importante é estarmos juntos certo? 

Ok, a cerveja deveria ta fazendo efeito só pode. Justin falando coisas.... fofas? Só pode estar bêbado

Vc: Bom, te uma companhia quando fazemos merda é sempre bom né? - eu disse tentando fazer com que aquele momento não parecesse estranho
Jus: Sempre!

[...]

E a cada lata de cerveja os risos iam aumentando e as merdas que falávamos ia se multiplicando , o álcool subia para o cérebro e aumentando ainda mais o meu tesão que eu estava , um puto tesão  

Jus: Ai também teve aquela vez que eu fui pego transando debaixo da escada - riamos alto
Vc: Teve uma vez que eu tava lá com um cara e ele parecia que tava morrendo em cima de mim eu cheguei a pensar que ele tava morto - começamos a rir de novo
Jus: Eu peguei uma gostosa que beijava que nem um cachorro babão ai eu parei o beijo e disse "Quando você for pro canil tem que colocar um placa 'baba excessiva' " - e lá estávamos nós rindo dessas coisas idiotas.
Vc: Para! Minha barriga já ta doendo. - disse respirando ofegante
Jus : Já peguei um mulher que estava muito bêbada e eu também estávamos com um puto tesão  e ela começou a vomitar mas ela não queria que eu parece de meter nela - fizemos cara de nojo e começamos a rir
Vc : Ta isso foi nojento - rimos - Já transei com um que tinha tanto cabelo que eu não sabia se estava transando com um homem ou um macaco - ele gargalhou 
Jus : Mas o melhor , foi quando eu estava bêbado e passou uma gostosa do meu lado e o meu pau ficou duro que nem pedra , comi ela e depois de uns meses ela bateu na minha casa dizendo que estava gravida e depois tivemos que casar - ele disse fazendo carinho no meu rosto e se aproximando aos poucos  e selando nossos lábios -  ela deixou minha vida do avesso e eu to percebendo que esse é o meu melhor lado 



Sorrimos e o puxei pelos cabelos fazendo sua boca colar na minha de uma forma que tira o ar de qualquer um , era ele , eu sei que era ele , era ele de um jeito errado , de um jeito torto , meio estranho , mas era ele que conseguiu me fazer ficar apaixonada por um par de olhos cor de mel , por um único cheiro , por um beijo molhado , por um carinho gostoso . 

Vc : Quero carinho - fiz bico 
Jus : Vai procurar um príncipe encantado que ele te da , aqui comigo só tem uma foda gostosa - ele sorriu safado 
Vc : Cala a boca - joguei o travesseiro nele 
Jus : Vem cá meu amor - ele me puxou fazendo eu deitar com a cabeça no colo dele

Dormi ali mesmo , no colo dele , com a mão dele no meu cabelo fazendo um cafuné gostoso . 

Justin modo On :

Ela dormia no meu colo enquanto eu brincava com as mexas do cabelo dela que liberavam um cheiro gostoso de shampoo , deitei minha cabeça por cima da dela e dormi ali mesmo , sentado e com a cabeça em cima da dela . 
 Acordei com as costas doendo e com a cabeça explodindo , me levantei com cuidado para não acorda-la e fui tomar um banho demorado , me vesti com o terno que ela havia me dado  e passei um perfume . 

Jus : Você é lindo - eu disse me admirando no espelho 

A casa estava silenciosa e ela dormia ainda , peguei um suco na geladeira bebendo direto da caixinha , peguei as chaves do carro e sai com cuidado para não acorda-la , estava decidido eu iria fazer ela ter orgulho do marido que tem , era um relacionamento diferente , um sentimento diferente ,  talvez brotasse um carinho , um afeto , algo que me prendia a ela e me dizia que eu tinha que cuidar daquela mulher , da minha mulher . Estacionei o carro em frente ao shopping e fiquei fitando o jornal a minha frente , tinha alguns trabalhos circulados com marca texto amarelo , sai do carro com o jornal , eu entrava a cada loja do shopping , bem educado do jeito que ela havia me falado que eu tinha que me comportar , havia uma nova loja , de skate , aquilo era foda , cada skate um mais foda que o outro , qual é aquelas rodas encheriam os olhos de qualquer skatista . 

Jus : Bom dia , sou Justin Drew Bieber e queria saber se tem vaga de trabalho 
Xx : Temos sim , como a loja é nova estamos precisando de atendentes
Jus : Mesmo que sejam sem experiencia ? 
Xx : Claro , assim é bom que podemos moldar o profissional do jeito que gostaríamos - ela sorriu simpática . 

[... ] 

Xx : O senhor esta contratado - ela apertou minha mão depois de uma longa conversa 

Eu estava parecendo um mauricinho estava rindo por dentro pelo jeito que eu estava , iguais aqueles homens engravatados que dão tédio só de estarem no local , mas eu havia conseguido , sei que a [ seu nome ] vai ficar orgulhosa de mim e isso não acontecer pelo menos paro de ouvir ela reclamar que sou um vagabundo . 


                            Continua [...]

Hey pedaços de bosta com someday haha 

Eu to de volta!!! kkkkk' Como eu sou lerda, o meu computador não tava ligando porque ele tava fora da tomada kkkkkkkkkkk não riam por favor. 

Obrigada ai pelos os comentários, geral divulgando o blog ai e pá!

Comentem pelos pandas!!!

Beijos na bunda

17 de outubro de 2012

Everything starts from something- 23º capitulo

-- 49 comentários:
"Só vou gastar energia pra beijar sua boca"





 Justin tacou uma latinha de cerveja para mim e se sentou ao meu lado no sofá enquanto assistíamos a um filme e bebíamos cerveja espalhando diversas latinhas pela sala 

Jus : Vê se não exagera na bebida , não quero te ver vomitando de novo - ele riu lembrando da nossa primeira noite
Vc : Isso serve para você também , não quero ficar gravida de novo - rimos . 
Jus: Ter mais um filho esta fora dos meus planos
Vc: Nunca mais - rimos - será que o Dylan esta bem?
Jus: Desde quando se importa ?  
Vc : sei lá , só estava pensando 
Jus : pode acreditar ele fica melhor com os outros do que com seus próprios pais - rimos


[...]


O filme tava uma merda,e o Justin tava com a maior cara de lerdo olhando pra TV enquanto bebia sua cerveja. Aquilo tava um tédio e no momento queria outra coisa, uma coisa que eu sei que  animaria ambos rapidinho


Justin: Porque esse viado não fode logo a mulher e pronto? - ele disse inconformado 
Eu: Eu não sei. Talvez não tenha a potência que você tem. - mordi os lábios
Justin: É? Você quer sentir essa potência agora? - ele disse com um sorriso safado brotando em seu rosto
Eu: Uhum! - fiz que sim com os dentes cravados em meus lábios.
Justin: Não, vai procurar o Chris. - ele se virou e voltou a encarar a TV.
Eu: Ok, vou indo. Aposto que ele iria me dar mas prazer mesmo , o dele é maior mesmo - disse para provoca-lo e me levantei e em menos de um minuto fui puxada de volta pro sofá.
Justin: Repete, cachorra. - disse roçando seus lábios no meu.
Eu: O Chris iria me dar muito mais prazer do que v .... - Justin me interrompeu com um de seus beijos selvagens 


Era disso que eu precisava. Suas mão acariciavam a lateral do meu corpo levantando meu vestido. Me separei um pouco de seus lábios para pegar ar e aproveitei o momento para abrir o zíper da minha roupa. Justin me olhou com uma cara de safado e arrancou meu vestido o jogando em qualquer cantor. Ele me pegou no colo e foi subindo comigo até o quarto nos beijando. Ele me jogou na cama e subiu em cima de mim. 


Justin: Vou enfiar meu pau na tua boca pra ver se tu para de falar merda. - ele disse eu ri.
Eu: Cala a boca vem cá logo! - disse e o puxei pela camisa tirando a mesma.

Ele agora beijava meu pescoço loucamente enquanto eu puxava sua calça pra baixo, até onde eu alcançava. Ele me ajudou e assim ficou só de cueca, que por sinal estava bastante volumosa. O virei na cama e ele sorriu. fui o beijando fazendo uma trilha em seu corpo até chegar em sua box. Dei uma mordida ainda por cima da cueca e o ouvi arfar.  Deixei Justin nu e peguei em seu membro. Comecei a masturba-lo e ele gemia. Coloquei minha boca em seu pau ele colocou sua mão em minha nuca me forçando a ir na velocidade que ele queria. Lambia o encarando com uma cara safada o fazendo ir a loucura. Brinquei com suas bolas e ele se contorcia até eu sentir seu leitinho sair como um jato. Lambi tudo e subi ao seu encontro. Ele me beijou e ficou por cima de mim. Suas duas mãos massageavam meus seios me fazendo arfar. Ele logo colocou a boca neles diversificando os movimentos com as linguas. Ele juntou os dois e passou a língua entre eles. Ele tentava chupar os dois ao mesmo tempo e aquilo era muito excitante.
Ele desceu cada vez mais até parar em minha intimidade. Ele rasgou minha calcinha e caiu de boca em minha vagina. 

Eu: Awwn Jus..Jus-tin. Seu cachorro. - gemia enquanto agarrava os lençóis da cama.
Justin: Vadia ta molhadinha.  - ele disse e logo penetrou três dedos de uma vez.

Gemia que nem uma cadela no cio. Aquilo tava muito gostoso. Ele ainda brincava com o meu clítoris com sua língua. Não aguentei e logo gozei. 

Justin: Gostosa da porra!  - ele subiu e me beijou me deixando sentir o meu gosto novamente. Durante o beijo ele me penetrou fundo e forte. 
Eu: Vai..Mais... Awn! Rápido! - disse gemendo loucamente.

Sem hesitar ele penetrava rapidamente e bem forte. Senti ele beijar meu pescoço tentando abafar seus gemidos. Depois de um tempo naquela posição eu virei ficando por cima.  Me encaixei em seu membro e comecei a rebolar. 

Justin: Puta que pariu, rebola vadia, rebola. Aaaar - disse gemendo.

Minhas mãos estavam em seu peitoral. Subia e descia, cavalgando e rebolando. Ele mantinha suas mãos firmes em minha cintura dando mais intensidade e as vezes ele descia para a minha bunda apertando a mesma. Tombei ao seu lado de frente pra ele. Estava cansada, porém não no meu limite. Ele se virou pra mim e pediu pra mim ficar de costas como se tivéssemos de conchinha e assim eu fiz. Ele pegou minha perna e colocou em cima da dele e me penetrou novamente. Ficamos assim até gozarmos juntos. Justin saiu de mim e largou a minha perna. Assim ficamos de conchinha


Eu: Justin, será que vai ser assim pra sempre?
Justin: Contanto que tudo acabe como hoje acabou eu ficava com você até o infinito e o além. 



                                                                                    [...]Continua

Olá pedaços de bosta da Flavia SEM ACENTO!! kkkkkkk hoje quem ta aqui é uma pessoa muito especial pra Flavia, ela me ama demais e não vive sem mim e eu tenho provas kkkk Bom, gente eu ajudei a Flavia fazer esse cap hj porque ela é lerda e quebrou seu pc kkkkk é a vida ela e o Rodis fizeram terremoto na casa e o pc caiu no chão e puuff kkkkkkk 


Meu nome é Mayara eu sou a que fez aquela homenagem pra ela na aba de Vacas s2 kkkkkkkkk 

Flavia aqui >>>>> SUPER INDICO ESSE BLOG! É A MELHOR IB DE TODAS!!! EU LI TUDO HOJE E RECOMENDO!!! http://kidrauhlourhero.blogspot.com.br/


beijo na bunda gorda e é isso ae!  



15 de outubro de 2012

Everything starts from something- 22º capitulo

-- 68 comentários:
“Cuide, cultive, queira o bem… O resto vem!”





As mãos hajes dele puxarem meu corpo contra o dele  , minha mão brincava com o seu cabelo e ele mordia meu lábio inferior .

Chris : Mesmo depois de ter virado mãe , continua gostosa - ele disse com os lábios perto do meu 
Jus : Só não leva ela pra cama por que eu não quero ela com resíduo de outro homem quando eu meter nela gostoso - ouvi Justin falar ao nosso lado pegando uma bebida
Vc : Relaxa amor - eu ri 
Chris : A qual é Justin , nem uma rapidinha 
Jus : ela não precisa de uma rapidinha com outros quando se tem eu como marido , qual é , eu sou muito gostoso - ele disse metido e saiu com um sorriso irônico no rosto 

Jus : ei amor , você ainda esta me devendo uma de ontem - ele disse um pouco alto enquanto se afastava de nós 

Mandei dedo do meio para ele o fazendo rir e continuou andando sumindo na multidão . 

Chris : Justin se acha
Vc : Mas ele pode - eu ri e logo depois tomando mais um gole da minha bebida
Chris : Duvido que ele seja melhor que eu na cama - eu ri
Vc: com certeza é 
Chris : Serio mesmo ? - ele disse me desafiando
Vc : Serio - eu dei de ombros
Chris : E o que você acha da gente ir ao banheiro ? - ele disse com um sorriso safado brotando em seu rosto
Vc : Não estou com vontade de fazer xixi - eu disse me fazendo de desentendida
Chris : Acho que não é pra isso que eu quero que você vá - ele disse beijando meu pescoço 

Dei de ombros e subimos a escada , caminhamos a um dos banheiros e quando o abrimos tinha um casal se agarrando la dentro .

Chris : Pode saindo - ele gritou fazendo o casal se assustar e sair de la vermelhos de vergonha
Vc : Qual é Chris tadinho deles - eu ria
Chris :  To nem ai , eu só quero você agora

Ele disse me prensando na porta do banheiro , ele me beijava loucamente enquanto sua mão explorava todo meu corpo , minha mão arranhava seu abdome por dentro da blusa , ele beijava meu pescoço me fazendo ficar arrepiada , ele deu impulso para que eu subisse no seu colo e assim eu fiz , tirei sua camisa rapidamente e voltei a beija-lo . ele procurava o zíper do meu vestido , desci de seu colo e tirei meu vestido rapidamente , o volume da sua cueca já era visível , arranquei a sua cueca com a boca e a joguei em algum lugar do banheiro , era grande não posso negar , mas maior que o do Justin não era , ele me jogou em cima da pia fazendo com que tudo que estive em cima caísse no chão. 

Ouvi a porta do banheiro se abrir e o Justin entrava já abrindo as calças quando nos olhou . 

Jus : Nossa em amor , ta abaixando o nível - ele riu quando nos viu 
Chris : Cala a boca mané
Vc : Se junte a nós Justin - eu sorri safada 
Jus : Não obrigado , eu só quero mijar

Ele foi até o vazo como se nada tivesse acontecendo e tirou seu pênis de dentro da cueca e começou a fazer xixi como se ninguém estivesse ali .

Vc : JUSTIN - eu grite
Jus : Que foi ? 
Chris : você ta mijando aqui 
Jus : Que eu saiba aqui é um banheiro
Chris : Mas eu estou tentando foder com a [ seu nome ] 
Jus : Ei meu amigo , ela é muita areia pro seu caminhão . Ela esta acostumada com coisas boas , te garanto que você vai estar no seu decimo orgasmo enquanto ela não conseguiu nem sentir um pouco de prazer . Minha mulher é foda fazer o que né - ele dizia num tom mais irônico de sua voz e eu confesso que gostei de ouvir aquilo
Chris : Cala a boca , já fui para cama com ela varias vezes
Jus : E eu na primeira rapidinha com ela consegui a engravidar e fazer ela gritar que eu era o melhor homem que ela já provou e olha que ela já provou muitos em , puta é assim mesmo
Chris : Sai logo daqui  - ele disse já ficando irritado
Jus : Deixa eu lavar a mão - ele disse na maior calma 

Pulei da pia e fui vestindo meu vestido , o Justin passava sabonete pela decima vez e provavelmente por dentro ele estava rindo da cara do Chris , conheço muito bem ele . 


Jus : Poxa amor já se vestiu ? - ele disse secando a mão na maior lerdeza
Vc : Você interrompeu 
Jus : Desculpa amor , se vocês tivessem dito que eu estava interrompendo eu tinha saído - ele disse sínico 
Chris : vai se foder
Jus : É , acho que to com vontade de ir foder , vem comigo amorzinho ?
Vc : Vai a merda Justin
Jus : Vai deixar seu bebe na mão ?
Vc : Justin Drew Bieber não pegou ninguém hoje ? - eu disse rindo 
Jus : Fiz uma rapidinha com uma loira muito gostosa só que não chega nem aos seus pés amor
Chris : haa vocês sãos uns idiotas - ele disse botando a roupa e saindo do banheiro estressado

Justin esperou o Chris sumir do campo de visão dele para cair na gargalhada , fiquei o olhando sem nenhuma expressão no rosto mas não aguentei e cai na gargalhada também

Vc : você é um idiota - eu disse me recuperando 
Jus : qual é , sou muito melhor que ele 
Vc : Cachorro 
Jus : Vem cá e beija o seu cachorro
Vc: Quero  não 
Jus : Vem cá logo porra - ele me puxou e enquanto me beijava loucamente

A  mão dele percorria por todo o meu corpo me fazendo arrepiar , parei o beijo com vários selinhos . 

Vc : Te odeio , sabia ?
Jus : Isso não é novidade - ele riu - vamos embora ?
Vc : vai você eu quero ficar mais 
Jus : Você vai vir comigo , tem uma garota que ta a trás de mim desde que cheguei aqui
Vc : Bieber correndo de mulher ?
Jus : Ela beija que nem um cachorro - ele fez cara de nojo
Vc : Vamos logo então - eu ri 

Sai andando na frente e senti ele bater na minha bunda com força o encarei seria e ele me olhou com a maior cara de santo , e continuamos andando , entramos no carro e ligamos o radio alto e começamos a cantar  , Justin estacionou o carro em frente a nossa casa e entramos em casa .

Vc : Esquecemos a miley
Jus : Aquela ali a essa hora deve esta em um motel
Vc : E eu estaria fodendo com o chris agora se você não fosse tão babaca
Jus : Quer foder ? fode comigo
Vc : Não, obrigada - eu ri e joguei meu salto pela sala e me taquei no sofá 

Justin tacou uma latinha de cerveja para mim e se sentou ao meu lado no sofá enquanto assistíamos a um filme e bebíamos cerveja 

Jus : Vê se não exagera na bebida , não quero te ver vomitando de novo - ele riu lembrando da nossa primeira noite
Vc : Isso serve para você também , não quero ficar gravida de novo - rimos . 



                                                                                            [...]Continua

ficou pequeno e tal mas é isso ae kkkkkkkkkkkk 
vei eu estava lendo essa ib desde do começou e eu fiquei pensando dps de ler as coisas no final do cap kkk como sou babaca vei kkkkkkkkkkk meu deus divulguem a ib e é isso ae kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

beijo na bunda gorda 

14 de outubro de 2012

Everything starts from something- 21º capitulo

-- 29 comentários:
“Por um lado eu quero esquecê-la e por outro lado eu sei que ela é a única pessoa, neste mundo, que pode me fazer feliz.”



Pude ver um lagrima caindo pelo seu rosto , era difícil ver o Justin chorar , até onde eu me lembro nunca o vi chorar , fui de vagar e o abracei por trás , ele enxugou as lagrimas rápido com vergonha que eu as visse caindo . 

Vc : Ei , vai ficar tudo bem meu anjo 

Serio que ele estava chorando ? Cade aquele menino do sorriso sínico e do coração de pedra ? 

Jus : O que veio fazer aqui ? - ele disse assustado
Vc : Você estava demorando de mais 
Jus : Ele já dormiu - ele disse tentando mudar de assunto 
Vc : Deixa que eu boto ele no berço - eu disse percebendo que o Justin estava se atrapalhando 

Eu o peguei de seu colo e botei em seu berço o cobrindo com seu coberto azul bebe , desliguei as luzes e caminhei até o quarto ouvindo os passos do Justin a trás de mim , ele deitou na cama se cobriu virando para o outro lado e fechando os olhos . a qual é , e o nosso segundo round ? que merda . Desliguei a luzes e me deitei ao lado dele fitando o teto . 
 Aquelas palavras martelavam na minha mente , não é possível , aquele não podia ser o Justin que eu conheço . 
 Minha mão subia e descia no braço do Justin fazendo um leve carinho , eu sentia o rapiar a cada toque meu .

Vc : Ta dormindo ? - sussurrei 

Ouvi o silencio como resposta , sei que o orgulho dele fala mais alto que tudo , a vontade dele de mostrar que é forte e superior a qualquer um , que pode resolver tudo sozinho , mas no fundo ele sabia que as coisas não eram bem assim  , eu estava começando a ver um lado dele que eu não conhecia , eu sentia pena dele agora mesmo sabendo que amanhã ele já vai estar com um olhar de superioridade me ignorando por completo . 

[...]

O vento frio vindo da janela aberta me fez arrepiar e me fazendo despertar , Justin já não estava mais na cama , esperei aqueles famosos 5 minutos para sair da cama e fui para o banheiro fazer minha higiene pessoal ., desci e Justin estava só de cueca jogado no sofá , ele me olhou e virou seu rosto para a televisão . 

Jus : Seu filho não para de chorar - ele disse olhando a televisão 
Vc: ele é seu filho também , sabia ?
Jus : infelizmente eu sei disso 

Caminhei ao quarto do Dylan , ele já tinha acalmado um pouco o peguei no colo para o amamentar , assim que ele acabou e dormiu com a boca no meu peito o botei no berço novamente e desci , Justin continuava na mesma posição de antes . 

Vc : Ta na hora de arrumar um emprego em  - ele olhou para mim com cara de poucos amigos
Jus : Vai você ir trabalhar
Vc : E quem vai cuidar do Dylan ? por que você não cuida
Jus : Minha mãe
Vc : Uma hora ela vai cansar de ajudar a gente

Me acomodei no sofá botando minhas pernas por cima dele . 

Vc : Sabe o que eu preciso ?
Jus : O que ?
Vc : Uma festa
Jus : cansou de fingir ser certinha ?
Vc : É , isso cansa - eu disse irônica
Jus : Abriu uma nova boate aqui perto , topa ? - ele disse já abrindo um sorriso
Vc : Já é
Jus : Uma condição 
Vc : Fala
Jus : Não sou seu marido dentro da boate - ele riu safado
Vc : Isso era tudo que eu queria ouvir - rimos
Jus : Não quero você se esfregando em todo mundo la 
Vc : Ué , achei que você não fosse meu marido da porta da boate pra dentro 
Jus : Mas eu não posso ficar com fama de corno 
Vc: relaxa amor - eu ri

Ele me puxou para perto dele passando seu braços por volta de mim , eu me acomodei em seu peitoral e fiquei assistindo um programa qualquer .

Vc : Justin 
Jus : que ?
Vc : Sobre ontem a noite - ele me interrompeu
Jus : [ seu nome ] , vai se foder e esquece daquilo 
Vc : Mas ..
Jus : Sem mas 

Não iria insistir se não iria levar uma patada a trás da outra , liguei para a Miley e ela topo na hora gritando histericamente , fazia uns 10 meses que nós não saiamos para qualquer boate . A tarde foi passando e eu subi para tomar um banho demorado e revirei meu guarda roupa inteiro a trás de uma roupa perfeita , um vestido preto colado e curto  , perfeito , seria aquele mesmo , passei um maquiagem destacando os olhos e um salto , estava pronta , meu deus sou muito gostosa , ri do meu pensamento e desci as escadas , Justin estava super gostoso sentado no sofá ao lado da Miley , Miley encarava o Justin mordendo os lábios e ele fazia de tudo para provoca-la . 

Jus : Até quem fim - ele reclamou quando me viu
Vc : Não reclama 
Jus : Se demora-se mais um pouco eu iria comer a miley pra passar o tempo
Miley : ei 
Jus : Cala a boca que eu vi o jeito que você estava me comendo com os olhos 

Ela abriu a boca para falar alguma coisa e desistiu , caminhamos até o carro e Justin foi dirigindo , botei o Dylan em sua cadeirinha no banco de trás e Justin dirigiu até a casa da Pattie , o deixamos la com a desculpa de que precisávamos de um tempo para o casal , já que tínhamos que nos casado por obrigação pelo menos tínhamos que aprender a nos amar , de inicio ela ficou desconfiada mas acabou gostando da ideia . Pouco ela sabia que estávamos indo para a boate pegar e talvez até ir para cama com outras pessoas.A caminho da boate liguei o som bem alto e eu a miley cantávamos descontroladamente a musica que tocava

" Somos jovens, corremos livres
Ficamos acordados até tarde, não dormimos,
Temos nossos amigos, temos a noite,
Nós vamos ficar bem " 

Miley : Porra amiga sinto falta disso , é hoje que eu tiro o atraso 
Vc : Miley esta sem fazer sexo ? Só foi eu sumir um pouco que as coisas desandaram - rimos 

"Hoje à noite você não estará sozinho
Basta deixar os seus problemas na prateleira
Você não vai querer estar em nenhum outro lugar
Então vamos lá, então vamos lá "

Miley : Porra amiga é disso que eu to falando - ela disse quando paramos em frente a boate lotada

Justin estacionou o carro e descemos do carro , estava lotada e a fila dava volta no quarteirão. 

Miley : Não vamos ficar nessa fila , né ?
Vc : Logico que não - sorri 

Vamos dizer que o segurança me conhece MUITO bem então foi fácil furar a fila , eu precisava daquilo para me sentir viva novamente , Miley foi sumindo na multidão provavelmente a trás de homem e eu somente a trás de uma bebida 

Vc : Um sexy on the beach por favor - pedi ao garçom 

Logo a bebida já estava em minha mão , fiquei olhando tudo em volta quando sinto uma mão em minha cintura .

Xx : A mamãe do ano voltou para a noite ?  - eu reconhecia aquela voz de longe
Vc : Chris - eu disse animada 
Chris : Achei que não a veria aqui mais
Vc : Até parece que não me conhece - eu ri 
Chris : é impossível [ seu nome ] tomar jeito - ele riu 
vc : Pois se 
Chris : O maridinho ta por aqui também , né 
Vc : Que marido ? - me fiz de desentedia e o puxei pela gola da camisa o beijando 

As mãos hajes dele puxarem meu corpo contra o dele  , minha mão brincava com o seu cabelo e ele mordia meu lábio inferior .

Chris : Mesmo depois de ter virado mãe , continua gostosa - ele disse com os lábios perto do meu 
Jus : Só não leva ela pra cama por que eu não quero ela com resíduo de outro homem quando eu meter nela gostoso - ouvi Justin falar ao nosso lado pegando uma bebida
Vc : Relaxa amor - eu ri 
Chris : A qual é Justin , nem uma rapidinha 
Jus : ela não precisa de uma rapidinha com outros quando se tem eu como marido , qual é , eu sou muito gostoso - ele disse metido e saiu com um sorriso irônico no rosto 

Jus : ei amor , você ainda esta me devendo uma de ontem - ele disse um pouco alto enquanto se afastava de nós 

                                                                                       [...]Continua 

oi pedaços de bostas 

então fico feliz por ter muitas leitoras novas ... sejam bem vindas e porra aproveita sa merda aqui kkkkkkkkkkkkkkkkkk
e nego que ta pedindo layout é só me chamar no msn flavia_alvees8@hotmail.com pq la da pra mandar fotos então fica mas facil ou face http://www.facebook.com/FlavisGomeez

beijo na sua bunda cabeluda